Envios grátis a partir de 50€ *

* consulte as condições de venda.

Tem um difusor ultrassónico ou deseja obtê-lo em breve? Neste artigo, respondemos a todas as suas perguntas sobre a difusão.

A difusão ultrassónica é baseada na suspensão aérea de um vapor muito fino de água e óleos essenciais. Estes vapores se formam quando a água vibra através de ondas ultrassónicas de frequência entre 16 a 20 megahertz. A difusão ultrassônica é um modo de difusão a frio, o que é ideal para não deteriorar a fragrância original, mas também as propriedades dos óleos essenciais suspensos no ar.

O que devo ter em conta ao escolher um difusor ultrassónico?

Eficiência/Eficácia:
Um bom difusor de aromaterapia tem de ser capaz de produzir uma névoa finíssima e espalhar eficientemente os óleos essenciais sem comprometer as propriedades dos óleos e nem a sua saúde. Há alguns difusores que durante a utilização deixam molhada a superfície do móvel que os suporta, isto quer dizer que não tem potência suficiente para produzir uma névoa tão fina que consiga manter-se suspensa no ar, o que faz com que não obtenha o máximo de proveito dos benefícios dos óleos essenciais, já que parte deles acaba por ficar na superfície junto com a água que cai, além do inconveniente de ter o móvel molhado, claro. Para obter o melhor desempenho do difusor e economizar os óleos essenciais, o ideal é procurar utilizar um difusor adequado às dimensões aproximadas do espaço onde pretende utilizá-lo.

Segurança:
É importante que o difusor possua um sistema de desligamento automático, para o caso de a água secar.

Qualidade:
Certifique-se de escolher um difusor adequado para óleos essenciais. Este também é um fator que deve ter em consideração, pois se o plástico do reservatório de água não for adequado, ele será corroído pelos óleos essenciais e as partículas de plástico que vão se soltando durante a difusão irão ser dispersas no ar juntamente com a água e o óleo essencial e, respirar plástico, de certeza que não é o objetivo de quem busca bem-estar e saúde através da aromaterapia. Além do que, como é previsível, a vida útil do difusor será reduzida. Provavelmente isto acontece porque o difusor é adequado apenas para essências solúveis em água (não possuem benefícios terapêuticos, são apenas aromatizantes) e os óleos essenciais não são hidrossolúveis.

Comodidade/Adaptação:
A difusão de aromas por um longo período provoca uma saturação do ar e chega um momento em que já se deixa de sentir o aroma porque o olfato adapta-se àquele cheiro. Para que isso não ocorra, há alguns difusores que oferecem o programa alternado no qual o difusor funciona por 30 segundos e depois de 30 segundos parado, volta a difundir por mais 30 segundos e assim sucessivamente até que termine o programa ou até que a água seque. Caso não haja esta opção, o ideal é utilizar um programa curto e depois de alguns minutos voltar a ligar. Portanto, opte por um difusor que ofereça vários programas de difusão, assim poderá adaptar ao seu gosto a intensidade do aroma e a duração da difusão.

Continua no próximo post. Até já!

Difusor ultrassónico aromaterapia

< VOLTAR PARA O ÍNDICE