Envios grátis a partir de 50€ *

* consulte as condições de venda.

A gravidez é um período muito especial na vida de qualquer mulher. A escolha dos óleos essenciais para usar nesta fase deve ser bem cuidadosa pois há óleos que podem provocar contrações uterinas, outros podem alterar a pressão arterial, alguns possuem propriedaes emenagogas (induzem a menstruação), por isso, antes de usar qualquer óleo essencial durante a gravidez, observe as propriedades e peça orientação médica.

Desde já, é consenso entre a maior parte dos aromaterapeutas que óleos essenciais abaixo são totalmente proibidos durante a gravidez:

❌Alecrim qt cânfora e verbenona

❌Anis estrelado

❌Artemísia

❌Cajeput

❌Cedro do Atlas e do Himalaia

❌Endro

❌Erva-doce (pimpinella anisum)

❌Funcho doce

❌Hortelã pimenta e hortelã verde

❌Zimbro

❌Manjericão qt cãnfora

❌Noz moscada

❌Sálvia dalmaciana

❌Tanaceto

Há outros óleos proibidos, mas que não são comercialmente comuns e ainda outros que, apesar de não serem recomendados, não são totalmnte proibidos e que podem ser usados pontualmente, em casos de SOS, mas para estes, recomendamos uma leitura mais aprofundada sobre o tema ou a consulta com um profissional de saúde/aromaterapeuta.